Blog

Indicado para atrofia muscular espinhal, o Spinraza recebeu aprovação da Food and Drug Administration (FDA), em dezembro de 2016. O medicamento da Biogen Idec, empresa de biotecnologia americana, sediada em Weston, pode ser utilizado por crianças e adultos, principalmente quando outros tratamentos não apresentaram resultado. Segundo um estudo da FDA, o medicamento redime a falta ou defeito do gene SMN-1, ao fazer com que o gene SMN-2 o substitua, produzindo a proteína necessária.

A atrofia muscular espinhal acomete pessoas de qualquer idade e provoca o enfraquecimento dos músculos, por conta da perda de neurônios responsáveis pelos movimentos. De acordo com Billy Dunn, diretor de Divisão de Produtos de Neurologia no Centro de Avaliação e Pesquisa de Medicamentos da FDA, a agência concedeu a aprovação ao Spinraza, após estudo com 121 pacientes, crianças, que foram diagnosticados antes dos 6 meses de idade e com menos de 7 meses. Os bebês submetidos ao medicamento apresentaram melhoras como controle de cabeça, habilidade para chutar, rolar, rastejar, engatinhar e caminhar.

"Houve uma longa necessidade de um tratamento para a atrofia muscular espinhal, a causa genética mais comum da morte em lactantes e uma doença que pode afetar pessoas em qualquer estágio da vida. Conforme demonstrado pela nossa sugestão ao patrocinador analisar os resultados do estudo antes do planejado, a FDA está comprometida em ajudar com o desenvolvimento e aprovação de medicamentos seguros e eficazes para doenças raras e nós trabalhamos duro para revisar este aplicativo rapidamente; Não poderíamos ficar mais satisfeitos por ter o primeiro tratamento aprovado para esta doença debilitante", disse o executivo.

Ainda de acordo com informações da agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, não há contra-indicação para o Spinraza, embora a sua utilização somente possa ser feita em um hospital, seja por médico ou enfermeiro, já que é necessário injetar o medicamento na região da medula espinhal, em um tratamento inicial de 3 doses, uma a cada 14 dias, além de uma quarta dose, 30 dias após a terceira e uma dose a cada 4 meses, após a quarta aplicação, como manutenção.

Entre os efeitos colaterais mais comuns do uso do Spinraza estão enfraquecimento de dentes, infecções respiratórias mais constantes e prisão de ventre.

Medicamentos em Destaque

  • Todos
  • Acalabrutinib
  • Apalutamide
  • Cabozantinib
  • Carfilzomib
  • Colangite Biliar Primária
  • Crizotinib
  • Câncer
  • Câncer De Bexiga
  • Câncer De Mama
  • Câncer De Ovário
  • Câncer De Pele
  • Câncer De Próstata
  • Câncer De Pulmão
  • Câncer De Tiroide
  • Daratumumab
  • Dermatologia
  • Doença De Wilson
  • Enasidenib
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hepatite C
  • Hepatologia
  • HIV Infecção Em Adultos
  • Ibrutinib
  • Infectologia
  • Ipilimumabe
  • Ledipasvir
  • Lenalidomide
  • Leocemia Mieloide
  • Leucemia
  • Leucemia Mieloide Aguda (LMA)
  • Mastologia
  • MCL
  • Melanoma
  • Melanoma Avançado
  • Mieloma Múltiplo
  • Olaparib
  • Oncologia
  • Osimertinib
  • Palbociclib
  • Pembrolizumab
  • Pneumologia
  • Recombinant Human Erythropoietin
  • Sofosbuvir
  • Trientine
  • Vandetanib
  • Velpatasvir
  • Voxilaprevir
  • Ácido Obeticólico
  • Default
  • Title
  • Date
  • Random
mais medicamentos segure SHIFT para carregar todos todos os medicamentos