Blog

Após uma série de testes, a European Medicine Agency (EMA), órgão criado em 1995 como regulador de medicamentos na Europa, concedeu aprovação ao Myalept (Metreleptina) para o tratamento de Lipodistrofia. O medicamento, comercializado pela Aegerion Pharmaceuticals, se mostrou capaz de agir contra as complicações provocadas pela doença, caracterizada pela deficiência de leptina, responsável pelo mau armazenamento de gordura no corpo. O Myalept é prescrito junto a uma dieta recomendada para, além de repor leptina, amenizar os danos da Lipodistrofia generalizada.

Injetado sob a pele, o Myalept não deve ser aplicado em um músculo ou veia, e como a sua fórmula é em pó para solução injetável, deve ser sempre misturado a um líquido diluente antes do uso. Administrado uma vez ao dia, sempre no mesmo horário, o medicamento deve respeitar a dosagem recomendada, baseada no gênero, idade e peso do paciente, o que evidencia a necessidade do acompanhamento médico caso exista variação de peso e faixa etária. Vale ressaltar que o tratamento com Myalept deve ser iniciado e monitorizado por um profissional de Saúde, que seja experiente no diagnóstico e tratamento de doenças metabólicas.

A aplicação subcutânea, para quem pesa 40 kg ou menos, deve considerar a dosagem inicial de 0,06 mg / kg por dia, com aumento ou diminuição de 0,02 mg / kg, respeitando a dose máxima de 0,13 mg / kg / dia. Já para homens adultos e pesando mais que 40kg, a dose inicial é de 2,5 mg por dia - aumento ou diminuição de 1,25 a 2,5 mg por dia, chegando ao máximo de 10 mg / dia. Por último, para mulheres adultas, a dosagem diária recomendada do Myalept é de 5 mg. Considere um aumento ou diminuição de 1,25 a 2,5 mg, com dose máxima de até 10 mg por dia.

Medicamentos em Destaque

  • Todos
  • Acalabrutinib
  • Acetato De Abiraterona
  • Acetato De Lanreotida
  • Alergista
  • Apalutamide
  • Cabozantinib
  • Carcinoma De Célula Escamosa Cutânea Metastático
  • Carcinoma Metastático
  • Carfilzomib
  • Cemiplimab
  • Clínico Geral
  • Colangite Biliar Primária
  • Crizotinib
  • CSCC
  • Câncer
  • Câncer De Bexiga
  • Câncer De Mama
  • Câncer De Ovário
  • Câncer De Pele
  • Câncer De Próstata
  • Câncer De Pulmão
  • Câncer De Tiroide
  • Daratumumab
  • Dermatologia
  • Doença De Wilson
  • Enasidenib
  • Endocrinologia
  • Enxaqueca
  • Erenumab Aooe
  • Esilato De Nintedanibe
  • Fibrose Pulmonar
  • Gastroenterologia
  • Geneticista
  • Gilteritinib
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hepatite C
  • Hepatologia
  • HIV Infecção Em Adultos
  • Ibrutinib
  • Infectologia
  • Ipilimumabe
  • Ledipasvir
  • Lenalidomide
  • Leocemia Mieloide
  • Leucemia
  • Leucemia Mieloide Aguda (LMA)
  • Mastologia
  • MCL
  • Melanoma
  • Melanoma Avançado
  • Mieloma Múltiplo
  • MPS VII
  • Neurologia
  • Nilotinibe
  • Olaparib
  • Oncologia
  • Ortopedia
  • Osimertinib
  • Palbociclib
  • Pediatria
  • Pembrolizumab
  • Pirfenidona
  • Pneumologia
  • Psoríase Em Placa
  • Recombinant Human Erythropoietin
  • Sofosbuvir
  • SÍNDROME DE SLY
  • Trientine
  • Urologia
  • Ustequinumabe
  • Vandetanib
  • Velpatasvir
  • Vemurafenibe
  • Voxilaprevir
  • Ácido Obeticólico
  • Default
  • Title
  • Date
  • Random
mais medicamentos segure SHIFT para carregar todos todos os medicamentos